ODIVELAS FUTEBOL CLUBE
Edição para impressão

Artigo: Futsal: Esclarecimento aos Sócios
Publicado dia 16/06/2007 às 12:12
.

Amigos do Odivelas Futebol Clube, sócios e simpatizantes do Futsal, cumpre-me a mim, em nome de um clube que represento, e em nome de uma dignidade que a modalidade Futsal exige para que se entenda, ou se tente entender o inexplicável. A razoabilidade das razões evocadas pela equipa técnica, massagistas, e atletas do Odivelas Futebol Clube, são no actual contexto do Futsal, no mínimo caricatas. Senão vejamos:

Referem que o clube na 26ª Jornada, aquando a deslocação ao Alpendorada, o autocarro não compareceu – é Verdade!!, teve o OFC através da minha pessoa disponibilizar meios financeiros para irmos jogar ao Norte, juntei toda a gente e nos 3 carros que foram distribui dinheiro para as gasolinas e portagens. O grupo juntou-se e fizemos a viagem. O Odivelas Futebol Clube – PAGOU – todas as despesas exigidas ( Gasolina e Portagens ), a todos que disponibilizaram as suas viaturas. O único valor que faltou pagar foram 17 Eur, ao atleta Vítor Marques ( que me esqueci de lhos entregar ) mas logo que foi falado o assunto solicitei-lhe de imediato o Nib da sua conta para lhe fazer o referido credito. Não foi o OFC que ficou a dever algum cêntimo que fosse.
O carro onde foram alguns atletas ( do massagista – José Conde ) não foram pagas as Portagens, porque ele ofereceu ao clube, dizendo que prescindiria dessa verba. Portanto é de todo, Falso que o OFC deva algum valor a qualquer pessoa.

Quando é referido, que os atletas, nas deslocações ao Norte do País, pagaram alguns jantares – Não é verdade! Foi pago um jantar por todos os membros da comitiva que foram ao Norte. Mas porque foi vontade do grupo – parar na Mealhada para jantar, mas todos pagamos o nosso, e nem se justificaria porque ainda seria relativamente cedo no regresso. Todos os restantes jantares que se justificaram foram pagos por mim – Virgílio Rodrigues- a qual torna falsa a informação dada.
Ainda assim, em todos os jogos fora, era feito para cada elemento da comitiva, um lanche, que era distribuído logo a seguir ao jogo.
Quando é referido a situação do treinador, realmente, foi procurada uma solução para a substituição do treinador, pois se foi o próprio que indicou que não iria permanecer no comando da equipa, o clube teria que arranjar novas soluções – TODOS OS CLUBES AGEM DESSA FORMA. Nunca seria permitida outra situação, para defesa da estabilidade e dos interesses do grupo e da instituição .

O subsídio não recebido pelos atletas pela sua ausência dos treinos, ainda que comunicada e aceite pela direcção, não quer dizer que tenha de ser paga!!??! Ainda que nos seja autorizado a faltar nos nossos empregos, os patrões não pagam esses dias – mas são autorizados!!
Quando se referem à boa vontade do Treinador adjunto Jorré em se deslocar ao clube para recolher os equipamentos para o treino – é verdade!! O qual desde sempre agradecemos a disponibilidade – também por isso tinha um subsídio para a gasolina, mas é verdade que não podemos pagar o favor e o desgaste diário isso não é quantificável, mas todos tivemos os nossos sacrifícios, por isso é que somos uma EQUIPA!!

A falta de comunicação entre a Direcção e o plantel?? Houveram sempre directores a acompanhar os treinos, nomeadamente eu ( que acompanhei os treinos e os jogos todos ) Acredito que não era isto (!!!!!) a que se referiam quanto à falta de comunicação .

Quanto ao Guarda Redes Roger, muito me admira esta intromissão, nomeadamente da equipa técnica, pois a determinada altura do Campeonato foi mesmo a equipa técnica que me sugeriu o afastamento do G. R Roger, pois esteve no clube desde o 1º momento, e nunca fez um único jogo oficial, pois teve lesões e nunca teve a capacidade para estar a actuar na sua plenitude. O OFC, deixou de lhe pagar os últimos 2 meses ( esteve a época toda a receber sem nunca ter jogado ) porque ainda assim o clube estaria a apostar nele para a próxima época 2007-2008 ( pergunto: foi injustiçado? ). Pessoalmente tenho o maior carinho por todos os atletas do clube, e lamento imenso o que aconteceu ao Roger, desejando-lhe aqui rápidas melhoras, para que traga para o Futsal todo o seu potencial como Jogador – o Futsal precisa!!

O Torneio Rui Costa, foi aceite por mim, em nome do OFC, para que a equipa estivesse num dos mais prestigiados torneios de Futsal de Lisboa. Não foi o Presidente do clube que informou que o OFC iria apresentar nova equipa técnica e novos jogadores neste torneio. Foi quem tem responsabilidade e terá responsabilidade sobre o Futsal no OFC no futuro.

Também se entende que, se nenhum jogador do actual plantel, iria ficar no clube, o porquê de eles continuarem?? É uma decisão aceitável.

A equipa referiu-me que não queria jogar contra o Modicus, ao qual estivemos a conversar e foi explicado as dificuldades que o clube estaria a atravessar, mas nunca foi referido que o OFC não iria pagar, muito pelo contrário. Nunca apoiei a hipótese sequer de não jogar em Braga, ou contra o Boavista, mas entendia como bem a sua reivindicação, de receber o dinheiro que lhes seria devido.
Temos o direito de exigir o que é nosso, nunca colocando em risco as pessoas ou Instituições.

Também é importante referir, que se alguma razão lhes assistia, perderam-na toda com a tomada de posição que colocou em risco o bom nome da Instituição.

Não quero alongar nas explicações de uma ‘coisa’ que não tem explicação, salientando talvez, que uma decisão desta envergadura ( o facto de não irem jogar ) não se deve sustentar numa maioria de jogadores, mas sim na sua plenitude ( que não foi o caso)!! Eu, em nome do OFC, tudo fiz para que os atletas ao longo de uma época desportiva se sentissem bem, se divertissem a jogar a bola, nunca lhes foi exigido alguma coisa mais que não fosse dar o seu melhor. Tentou-se manter sempre o plantel unido, por forma a que o grupo estivesse bem, por vezes até contra as próprias capacidades financeiras e estruturais do clube. Criamos as condições necessárias para que a equipa enfrentasse os play-out, com outra determinação, para ainda conseguirmos manter o OFC na 1ª divisão, disponibilizando à equipa na primeira ida ao Norte jogar contra o Junqueira, irmos de véspera., para estarem todos na plenitude das suas capacidade. Resultado – perdemos 5-1, com a única equipa que durante todo o campeonato, não conseguiu vencer 1 único jogo ( Muito mérito do Junqueira FC ) para o OFC não foi possível – o qual lamento profundamente.

Devo ainda referir, que foi feito, para o Jogo contra o Boavista uma ultima tentativa no contacto aos jogadores que em determinada altura se mostraram disponíveis para jogar, até para apaziguar e jogar o jogo pelo jogo, trazendo verdade ao Futsal, não tendo sido possível.
Os meus parabéns a uma equipa Júnior que se bateu, e bem contra adversários poderosos, e que sempre de cabeça levantada, fizeram com que o OFC não fosse humilhado com a despromoção directa à 3ª divisão, tendo que pagar multas altíssimas.

À equipa sénior, e a todos que a compuseram no ano que agora findou, um conselho: As instituições perdurarão sempre, as pessoas é que mudam, mas devem atenção às pessoas que lidam directamente no dia a dia, e que merecem um respeito diferente. Somos nós, que fazemos que o Futsal seja pior ou melhor. A nossa vida de estarmos todos os dias convosco, perdendo família, perdendo dias, fins de semana, férias, tirando do dinheiro que ganhamos com nosso trabalho, ainda para ‘oferecer’ aos jogadores melhores condições, prejudicando uma vida familiar, em prol de um grupo que se pretende mais capaz, ainda que isso exija de nós mais um pouco, do muito que já damos – essas pessoas merecem respeito, lealdade, cumplicidade.

Seria Legítimo para um Clube como o OFC, que tem as dificuldades financeiras que se lhe reconhecem e são publicas, após a impossibilidade de se manter na 1ª divisão, que fosse comentada a dispensa dos seus atletas mais caros ( o que nunca foi tida como solução ) depois de se discutir o assunto, foi assumido pelo clube os valores até ao final do campeonato, mais uma vez, para defesa da estabilidade e dos interesses do grupo e da instituição . Sendo até, comentado por alguns jogadores que se fossem os responsáveis do clube – que o fariam!! – ainda assim o OFC não o fez!!

Se calhar eu, levei muito a peito todas as ultimas decisões dos atletas, porque entendo que tentando sempre defender o Grupo, e os interesses do Clube, lhes conseguimos criar as condições que até o clube não teria capacidade para o fazer. Sendo que na única altura que lhes solicitei que dessem ( ao clube ) o beneficio da dúvida, uma vez que o clube sempre pagou atempadamente, e por 15 a 20 dias de atraso - eles não o fizeram - estou triste com o Futsal, embora de consciência tranquila que tudo foi feito para que tudo acabasse em bem – o valor das coisas e dos meus conceitos, não estão, nem são deturpados.

Quando escrevo que estou triste com o Futsal, refiro ao que aconteceu com o OFC, pois tive exemplos de realidades de clubes maiores que o OFC, e com realidades bem piores, com a diferença que os seus atletas dignificaram até ao fim as suas camisolas e emblemas – Parabéns a esses homens.!!!

Espero aos Técnicos e Atletas os maiores sucesso desportivos, e que entendam que as instituições não podem ser humilhadas, como se tentou fazer acreditar que o OFC seria.

Penso também que o Odivelas Futebol Clube, atempadamente terá uma resposta a toda a situação criada. Também acredito que o fará através do seu site oficial www.odivelasfc.com

Não entrarei mais em diálogo com esta situação, pois acabei de lhe colocar um ponto final, noutro meio de comunicação que não seja o site oficial do OFC
Melhores Cumprimentos
Virgílio Dantas Rodrigues



© Copyright (c) 2004/2018
Desenvolvido por Pedro Boléo - pboleo@gmail.com