ODIVELAS FUTEBOL CLUBE
Edição para impressão

Artigo: Nova estratégia para regresso à I Divisão
Publicado dia 25/10/2007 às 16:35
.

O futsal sénior do Odivelas Futebol Clube, depois de ter descido, na época passada, do principal escalão nacional iniciou a zona B da II Divisão em pleno.

Sérgio Pio é o responsável pela modalidade que, neste momento, envolve os escalões de seniores, juniores e as escolinhas. “O meu antecessor, Virgílio Rodrigues, só não continuou por motivos profissionais, depois de liderar o projecto da I Divisão, em que fez tudo o que pode e não pode para manter a equipa”.

Os problemas vividos no final do período anterior, “foram provocados por desentendimentos entre a equipa técnica e os atletas com o clube. Apesar de alguns incumprimentos pontuais que existiram, não se justificavam as acções dos jogadores, que faltaram a dois jogos, obrigando os juniores a colmatar a ausência. A partir daqui, a direcção e o departamento de futsal entenderam instaurar um processo disciplinar à equipa técnica e aos jogadores, tendo decidido que entrariam novos treinadores e jogadores, mais jovens de preferência, e com ambição”.

Os treinadores são da zona de Odivelas, mas os jogadores nem tanto, pois também são oriundos da Amadora, Carnaxide e Lisboa”. Com a criação das escolinhas é ideia do clube que o futsal venha a ter uma estrutura parecida com a do futebol. Daqui a seis ou sete anos pretendemos ter todos os escalões e uma equipa sénior que, já este ano engloba dois jogadores que eram dos juniores a época passada”.

Quanto a objectivos, “foi proposto ao grupo que fosse coeso e ambicioso, para daqui a dois/três anos conseguirmos colocar o Odivelas na I Divisão. A ambição está com eles, agora os resultados só o tempo dirá se os vamos ou não conseguir...Tivemos um início vitorioso e dois primeiros lugares nos torneios de pré-época em que participámos, frente a algumas equipas da nossa série. É um grupo jovem, vamos ver, é preciso calma....”

“Candidatos a ganhar”

Treinador há seis anos, David Sousa jogou futsal durante 17 e gostou do convite para treinar o Odivelas: “A direcção achou que devia redimensionar o futsal no aspecto de treinadores e jogadores e, esta época, é tudo novo. O nosso espírito é o comum de qualquer equipa, tentar ganhar. O começo está a ser positivo espero que continue a assim”.

Para o técnico, enquadrar o regresso imediato à primeira divisão “ainda é cedo! Lá por volta da décima ou décima primeira jornada... Agora, não tenho dúvidas em afirmar que somos candidatos a ganhar os jogos todos!”. David Sousa quer formar “um grupo unido em que haja respeito por colegas e adversários” com um valor individual de jogadores, “que se situa numa bitola de bom nível, dando dimensão para formarem uma equipa de relevo”.

A nível geral, no âmbito da formação entende que “se está a fazer um bom trabalho, até porque há alguns anos os treinadores eram captados do futebol de onze, o que já não acontece, sobretudo nas camadas jovens. Os resultados são visíveis, como, por exemplo, a nível da própria selecção nacional”.

Localmente, “o concelho de Odivelas tem bons jogadores na I Divisão, mas nunca houve quem desse um verdadeiro impulso ao futsal. É pena que a cidade de Odivelas, não tenha uma equipa na I Divisão...”

Reportagem: Luís Pedro, jornal Triângulo


© Copyright (c) 2004/2018
Desenvolvido por Pedro Boléo - pboleo@gmail.com