ODIVELAS FUTEBOL CLUBE
Edição para impressão

Artigo: Proposta de Pagamento da Insolvência
Publicado dia 11/05/2010 às 15:20
.

Após as reuniões entre Humberto Fraga e a Comissão de Credores, vimos agora por este meio e para que não exista qualquer dúvida, dar conhecimento a todos da proposta rectificada, apresentada por Humberto Fraga para pagamento da totalidade da dívida do Odivelas Futebol Clube aos seus credores.


Digº. Administrador de Insolvência
Exmº. Senhor
Dr. Florentino Matos Luís

Proc. Nº 3 /06.1 TCLRS
Data : Odivelas 10/05/2010
Insolvente : Odivelas Futebol Clube

C.C: Dr. Bruno Brandão
Digº. Administrador da Betoplano

Exmº. Senhores;

Eu, Humberto Joaquim da Costa Lourenço Fraga Fernandes, morador na Rua Alves Redol, lote 37 – 4º D – 2675 Odivelas. Portador do BI Nº 06159614, Contribuinte 100718078, vem declarar para requerer;


Sendo o representante do devedor neste processo, deseja declarar que o Devedor está preparado para fazer o pagamento aos credores desta insolvência;


Pagamento esse que será de: 269.234,83 € no total, sendo:
CP - Ministério Público / Segurança Social - 71.305,58 €
CP - Ex. Empregados - 20.000,00 €
CC - Créditos Comuns - 127.929,25 €
Custas do processo e Massa 50.000,00 €


Pagamento esse que será concretizado no prazo de dez (10) dias após recepção por escrito do deferimento do acordo;


Vem por este meio requerer que o processo de insolvência seja terminado quando do pagamento da dívida;


Que seja autorizado pelo Sr. Administrador de Insolvência a entrada imediata da Direcção legítima e eleita anteriormente à sua tomada de posse logo após o pagamento aos Senhores credores e que cessem as suas Funções;


Para que a mesma possa executar todos os planeamento desportivos e estruturais, assim como inscrever as equipas nas respectivas provas oficiais dentro das datas regulamentadas pela Federação Portuguesa de Futebol e Associação de Futebol de Lisboa;


Apresento a V.Exas. uma proposta de pagamento dos créditos assim reconhecidos e respectiva graduação de pagamento dos mesmos aos senhores credores.

1º ) - Créditos Privilegiados
1º - 1º ) - Ministério Público - 24.579,67 €
1º - 2º ) - I. Segurança Social - 46.725,91 €
1º - 3º ) - Mayya Trub e Serhiy Boyko - 20.000,00 €

Total: 91.305,58 €

2º ) - Créditos Comuns
2º - 01º ) - Betoplano – Serralharia - 60.721,51 €
2º - 02º ) - C.M. Loures - 391,42 €
2º - 03º ) - C.M. Odivelas - 710,48 €
2º - 04º ) - Coelho & Pereira, Lda - 678,68 €
2º - 05º ) - Dinisa - 3.504,17 €
2º - 06º ) - E.D.P. - 3.414,25 €
2º - 07º ) - Fergráfica - 266,20 €
2º - 08º ) - INCM – Imprensa Nacional - 888,00 €
2º - 09º ) - José Teixeira – Mecânica - 1.396,91 €
2º - 10º) - Junta F. Olival de Bastos - 1.396,68 €
2º - 11º) - Obrividros - 474,18 €
2º - 12º) - Odifercol - 264,21 €
2º - 13º) - Patrick Portugal - 7.102,71 €
2º - 14º) - Perflora - 273,85 €
2º - 15º) - Playpiso - 29.522,50 €
2º - 16º) - Publi Revista - 1.095,68 €
2º - 17º) - Quiminova - 164,26 €
2º - 18º) - Ramos & Raimundo,Lda - 1.119,43 €
2º - 19º) - S.Municipalizados-Loures - 4.034,17 €
2º - 20º) - S.P. Autores - 49,87 €
2º - 21º) - Sultintas - 166,00 €
2º - 22º) - Sulverde - 57,95 €
2º - 23º) - Tacolider - 2.052,46 €
2º - 24º) - Team Sport - 4.149,26 €
2º - 25º) - Turfpro - 240,01 €
2º - 26º) - Unicer - 3.794,41 €

Total: 127.929,25 €

3º ) A favor da Massa Insolvente
3º- 1º) - Massa e Custas de Processo 50.000,00 €

Valor Total a pagar 269.234,83 €


Banco Espírito Santo–Crédito comum sob condição, valor 55.566,92 €
Sendo:
1 - 50.000,00 € referentes a uma garantia Bancária emitida a favor da Inspecção Geral de Jogos, como garantia no pagamento dos impostos da sala do Bingo. A mesma foi avalizada pela Empresa "F.Caneças" e nunca foi utilizada, tendo já prescrito o prazo de validade.

2 - 5.566,92 € referentes a uma garantia Bancária, avalizada por Humberto Fraga e emitida a favor de I.S.Social, tendo a mesma sido liquidada ao Banco Espírito Santo. O documento comprovativo encontra-se na contabilidade do Odivelas Futebol Clube.

RCI – gest Leasing – Crédito Comum sob condição, valor 20.715,48 €
Sendo:
Referentes a parte do leasing de duas carrinhas Renault. Este valor está totalmente pago e as carrinhas estão registadas em nome do Odivelas Futebol Clube.



Apelo a generosidade e compreensão do Exmº. Senhor Administrador de Insolvência e Comissão de Credores na análise da proposta apresentada.

É minha convicção de que todos perderiam em caso de liquidação do Odivelas Futebol Clube visto os bens apreendidos para a massa terem um valor muitíssimo reduzido.

Certamente seria uma grande percentagem da juventude do Concelho de Odivelas quem mais iria sofrer com extinção do seu Clube.

Deixo nas mãos do Senhor Administrador de Insolvência e respectivos credores o futuro do Odivelas Futebol Clube.

Aguardo da parte de V. Exas uma resposta tão breve quanto possível.

Sem outro assunto, despeço-me com estima e consideração.

Atenciosamente,
Humberto Fraga



© Copyright (c) 2004/2018
Desenvolvido por Pedro Boléo - pboleo@gmail.com