ODIVELAS FUTEBOL CLUBE
Edição para impressão

Artigo: Andrade entrevistado pelo Jornal "A BOLA"
Publicado dia 08/10/2010 às 00:36
.

Andrade, coordenador do futebol de formação do Tenente Valdez (e antigo jogador do Odivelas Futebol Clube), foi alvo de uma grande entrevista conduzida por Filipa Reis (jornal "A Bola").

Andrade, de 37 anos, com um percurso futebolístico que inclui clubes como o Sporting (juniores), Estoril, Estrela da Amadora, Belenenses, Benfica e Braga... Entre outros, incluindo passagens por terras de Espanha (Tenerife) e Chipre (AEP), é hoje coordenador do futebol de formação do Tenente Valdez, além de treinar as equipas de iniciados e infantis, e ainda dá aulas na Superball!

Descreveu o seu ingresso nesse clube à jornalista Filipa Reis (jornal "A Bola") nos seguintes termos: "O convite para vir para aqui foi feito por Ricardo Luzes e Rogério de Almeida e aceitei de imediato. Há já algum tempo que trabalho com formação, nomeadamente no Odivelas e no Caneças, onde no ano passado subimos a equipa de iniciados à 1ª Divisão. Gosto muito de treinar e agradeço ao Nélson Andrade, ao Martinho e ao Real por me ajudarem" (sic).

Confrontado com o objectivo de chegar à Liga, respondeu assim: "Penso chegar lá degrau a degrau. Penso que tenho o perfil certo para ser não só treinador como também condutor de homens" (sic).

Sobre os seus iniciados e infantis, diz Andrade: "Gosto de ajudá-los a crescer, não só no futebol, mas também como homens" (sic).

Profissionalmente, dá apoio aos estudantes e professores da Escola Profissional Agostinho Roseta, em Lisboa. "Deixo uma mensagem aos alunos da escola onde trabalho: nunca desistam, o próximo dia é sempre melhor" (sic).

Projectos para o futuro? "Em relação a mim, depois de ter concluído o 12º ano, sinto vontade de continuar e Educação Física sempre foi o que quis. Talvez no próximo ano isso seja uma realidade" (sic).

Andrade ainda não arrumou as botas e vai jogar pelo menos mais uma época, no Loures. "Para já estou a treinar-me de modo a adaptar-me bem ao sintético e quando me sentir bem estarei à disposição do treinador. Não vou para lá brincar, tenho uma imagem a defender e ainda algo para dar ao futebol, mesmo a jogar nos distritais" (sic).


O Odivelas Futebol Clube é uma referência no desporto de formação por ter contribuído para que muitos técnicos sejam hoje reconhecidos pelo seu talento em conduzir e alimentar o sonho de muitos jovens futebolistas. Olhando para o Odivelas de hoje, perguntamos onde está este Odivelas que muitas alegrias nos deu...


© Copyright (c) 2004/2018
Desenvolvido por Pedro Boléo - pboleo@gmail.com