ODIVELAS FUTEBOL CLUBE
Edição para impressão

Artigo: Taça AFL: Alverca x Odivelas (4-3)
Publicado dia 05/03/2014 às 21:34
.

O Odivelas SAD é seguramente uma das equipas da Associação de Futebol de Lisboa mais penalizadas pela incompetência das equipas de arbitragem que lhe são atribuídas. E dizemos incompetência, pois não queremos acreditar que haja sequer a possibilidade de haver uma ação consertada contra a equipa do Odivelas SAD.

Não podemos sequer imaginar que as arbitragens possam ser por encomenda, mas nos últimos jogos depois da equipa do Odivelas SAD, apesar de demonstrado todo o seu valor em campo a jogar a bola, os ditos Árbitros tudo tem feito para que os resultados sejam contrários as cores do Odivelas SAD.

Para tal, basta ver as expulsões que a equipa tem tido nos últimos jogos. Então no último jogo a contar para a taça da Associação de Futebol de Lisboa, com um adversário de escalão superior, depois do Odivelas SAD estar a vencer por duas bolas a zero, aquilo que aconteceu em campo foi um hino a tudo de mau e que no futebol não deve existir.

Numa só palavra: VERGONHOSO.

O Odivelas SAD entrou a praticar o que melhor sabe fazer: jogar à bola. E rapidamente chegou por duas vezes ao golo que lhes deu uma confortável vantagem no marcador. É nesta altura que entra em campo outra equipa, também ela a procurar influenciar a marcha do marcador, e o intervalo chegou já com as equipas empatadas a duas bolas.

No recomeço o Odivelas SAD voltou-se a adiantar, mas pouco depois a outra equipa (não a do Alverca) manda marcar uma grande penalidade inexistente e expulsa um jogador do Odivelas sem qualquer razão para tal pois a falta existente foi do atacante e nunca do defesa (e fora da grande área), mas como a equipa do Odivelas SAD não se entregou e por duas vezes se viu a ganhar, foi preciso distribuir cartões e castigos máximos inexistentes, e só assim veio o quarto golo da equipa vencedora.

É mau demais para esta gente andar no futebol, principalmente quando nestes escalões mais baixos, os únicos a ganhar dinheiro (os árbitros) são aqueles que não promovem o desporto.

O jogo foi correto por parte dos jogadores de ambas equipas, mas muito mau da parte de um trio dito de juízes.

Reportagem de António Mota

Deixamos ainda a definição de Árbitro, Juiz e Justo da Porto Editora, para que alguns possam aprender:

ár·bi·tro: (latim arbiter, -tri, testemunha, juiz, dono)
3. [Desporto] Pessoa que, num jogo ou competição desportiva, zela pelo cumprimento das regras. = JUIZ

ju·iz: (latim judex, -icis)
1. Magistrado que administra justiça.
2. Pessoa que julga. = JULGADOR
3. Árbitro.

jus·to: (latim justus, -a, -um)
3. Imparcial, recto. ≠ INJUSTO, PARCIAL
4. Razoável, sensato.
10. Pessoa que procede com justiça.



© Copyright (c) 2004/2018
Desenvolvido por Pedro Boléo - pboleo@gmail.com