ODIVELAS FUTEBOL CLUBE
Edição para impressão

Artigo: Odivelas x Malveira (2-1)
Publicado dia 24/04/2005 às 13:37
.

Em Odivelas, a equipa da casa, líder do campeonato, jogava um jogo que poderia ficar marcado na história do clube: caso ganhasse e o Atlético perdesse pontos, seria campeã. Mas do outro lado estava uma equipa, vinda da Malveira, em ascensão e que não queria ser o bobo da festa.

O jogo começou com a equipa do Odivelas no ataque. Logo aos 3min. João Gomes marca um canto da direita mas Igor não consegue o cabeceamento e no contra ataque a equipa do Malveira quase marca, valeu uma boa defesa do guarda redes ,Filipe, para canto. Nesta sequência de lances, João Reis remata muito bem mas a bola bate num defesa e sai para canto. A equipa da casa dominava a partida e ocupava o meio campo adversário, embora o Malveira se fosse aproximando por vezes da baliza do Odivelas.

Criavam-se chances de golo mas no momento da finalização o Odivelas falhava. Pitorro, aos 25min. marcou um livre para a área mas que não levou muito perigo. Poucos minutos depois, João Reis bate um livre em que a bola embate no defesa e sai para canto, mas do canto nada a assinalar. Já perto do intervalo, de uma boa triangulação por parte dos jogadores odivelenses João Reis, João Gomes e Pedro Valente nasce uma boa jogada em que só faltou golo para ser magnífica mas Pedro Valente em frente ao guarda redes adversário não foi capaz de fazer o golo e permitiu a defesa. O jogo chegava ao intervalo com as equipas empatadas 0-0.

Na 2ª parte, o Odivelas entra disposto a resolver o jogo cedo e entra a todo o gás. Aos 50min. boa iniciativa na esquerda de Igor Sani que descobriu Bruno Gonçalves mas que na cara do guarda redes contrário não conseguiu o golo. Aos 53min. boa arrancada de Luís Carlos da defesa, driblando alguns adversários e terminando com um remate forte mas ao lado. Um minuto depois é Bocku que tenta a sua sorte mas mais uma vez a bola saiu ao lado.

Aos 56min. mais uma jogada para golo por parte do ataque odivelense. Bruno Gonçalves remata cruzado mas Igor Sani chega tarde e não consegue encostar para o fundo das redes do Malveira. Adivinhava-se o golo do Odivelas pois era uma equipa bastante ofensiva e criava muitas chances de golo. O Malveira apenas saía em alguns contra ataque sem muito perigo. Aos 75min. boa jogada de Bocku, que arranca do seu meio campo mas na linha de fundo o cruzamento sai defeituoso.

Passava-se 82min. de jogo quando aconteceu a 1ª explosão de alegria em Odivelas. Celso num contra ataque faz um passe a rasgar a defesa contrária que isola Igor Sani, a finalizar com êxito e a marcar o 1º golo para o Odivelas e dando uma imensa alegria a quem assistia ao jogo. Poucos minutos depois, o defesa do Malveira põe a mão à bola dentro da área e o árbitro marca a respectiva grande penalidade.

Chamado a marcar, Bruno Gonçalves, não dá hipóteses ao guarda redes e eleva a vantagem para o Odivelas. No seguimento do jogo, e já nos momentos finais, o Malveira chega ao golo. Alguma desatenção da defesa da casa permitiu ao avançado reduzir a desvantagem. Mas já era tarde pois o Odivelas arrecadava mais uma vitória – a primeira (em casa) por menos de 3 golos - e depois de saber da derrota do 2º classificado, Atlético, fazia segundos depois a festa de campeão.

Num comentário final ao jogo, o Odivelas foi o justo vencedor pois foi que jogou, criou, e marcou mostrando que é a equipa mais forte deste campeonato. Pecou por vezes na finalização e escusava de ter sofrido tanto mas a justiça acabou por fazer-se. O Malveira veio à procura de pontos mas não conseguiu pois encontrou uma equipa moralizada pela liderança. A nossa equipa sagra-se campeã e ascende ao Nacional com muito mérito e cumprindo o objectivo do inicio de época. Parabéns a todos os que tornaram este sonho possível e fizeram voltar a equipa de júniores ao Nacional.

Resultado Final: Odivelas (2) x Malveira (1)

Reportagem do nosso colaborador Fábio Quinta



© Copyright (c) 2004/2018
Desenvolvido por Pedro Boléo - pboleo@gmail.com