ODIVELAS FUTEBOL CLUBE
Edição para impressão

Artigo: Luís Ramos: Entrevista ao website futsal.com.pt
Publicado dia 29/05/2006 às 17:06
.

Entrevista a Luis Ramos, Director Desportivo de Futsal do Odivelas Futebol Clube. Depois de um ínicio de época atribulado em que se temia o pior, o Odivelas deu a volta por cima e acabou a época como Vice-Campeão da II Divisão Série B.

A futsal.com esteve à conversa com Luis Ramos que chegou em Novembro e tudo fez para levar a bom porto o projecto desta equipa. Luís Ramos acredita nos atletas, acredita no treinador e sobretudo acredita que "com o nosso treinador, Pimpão e com esta equipa técnica , apesar de sermos desconhecidos vamos chegar longe". Afinal no Odivelas vive-se como uma família e segundo lema "um por todos e todos por um".

- Este fim-de-semana o Odivelas conseguiu a ascenção à I Divisão qual era o sentimento que dominava os atletas e a equipa técnica?

"- Quando em Novembro último cheguei ao Odivelas deparei-me com uma equipa desolada e apercebi-me do trabalho que tinha pela frente. Contudo, a partir de determinada altura percebemos aquilo que era possivel atingir e tudo fizemos para o conseguir. Na minha opinião merecemos chegar aqui, pois dominamos o campeonato e pratiocamos um bom Futsal. O treinador, Pimpão soube sempre dar a volta por cima e os nossos jogadores não desistiram e tiveram o maior êxito na sua decisão.Estamos mesmo muito contentes."

- Depois de uma época muito disputada neste momento qual é que pudemos considerar que foi o grande segredo para atingir esta 'meta' vitoriosos?

"- Na minha opinião o grande segredo foi conseguir, entre os atletas que permaneceram e os que entraram, construir uma grande família. A partir de um determinado momento eram mesmo eles que acreditavam no êxito e transmitiam a força para continuar. Foi também muito importante o apoio incondicional do Presidente do Clube Humberto Fraga, bem como a sempre presente ajuda e apoio de Francisco Magarreiro do antigo Grob que esteve sempre ao nosso lado.Este factores reunidos deram-nos o mote para conseguir ir sempre mais além."

- O Odivelas ficou a apenas três pontos do Fundão e com apenas mais dois que o Amsac, as duas formações que se poderá dizer que foram os adeversário directos da sua equipa. Alguma vez duvidou que fosse conseguir o segundo lugar e, dessa forma, ascender à I Divisão?

"- Houve momentos em que surgiram algumas dúvidas, devido aos muitos azares que o Odivelas passou ao longo de toda a época. Um exemplo do referido anteriormente foi o sucedido na semana que antecedeu o jogo com o Fundão, em que tinhamos alguns jogadores lesionados como o Paulo Jesus e no dia do jogo, no aquecimento, Filipe Santos lesionou-se. Outro azar foi na semana anterior ao jogo com o AMSAC em que já tinhamos Paulo Jesus lesionado e, dois ou três dias antes do jogo recebemos o castigo de Serrinha. Apesar destas contrariedades se terem feito sentir, acabamos por recuperar, pois anteriormente fomos ganhar à casa do Fundão por 6-3 e posteriormente ao Tires 5-3. Nós acreditámos sempre nas nossas potencialidades e naquilo de que eramos capazes. Tudo o que conseguimos foi fruto de muita entrega e de uma capacidade extrema de tornar o dificil em fácil. "Este era um dos grandes objectivos para a presente época."

- Neste momento quais são os projectos que traça para a época que se avizinha ? Vai poder contar com toda a equipa sénior?

"- O nosso objectivo inicial era, essencialmente, não deixar cair o Odivelas e conseguiur formar um Plantel em apenas 15 dias. Os resultados foram aparecendo, o êxito foi-se alcançando e nessa altura começamos a traçar o objectivo de chegar à I Divisão. Para a próxima época vamos fazer tudo por nos manter na I Divisão. Estamos lá por mérito próprio e acredito que com o nosso treinador, Pimpão e com esta equipa técnica, apesar de sermos desconhecidos vamos chegar longe. Quanto á equipa esta vai sofrer algumas alterações que para já não vou divulgar."

[/b]- Como profissional de Futsal qual a importância desta conquista para a sua carreira, bem como para o clube? [/b]

"- A minha carreira profissional não é o Futsal, contudo gosto da modalidade e hà muitos anos que a ela estou ligada, com algum exito. Esta é uma conquista sempre importante, pois em 6 meses a nossa equipa deu uma volta de 180º e mudou o rumo que parecia perdido. Não posso deixar de referir a importância de Pimpão, um treinador em que eu acreditei e que, apesar da sua pouca experiência, fez um óptimo trabalho. Os atletas desempenharam um papel fundamental, pois nunca hesitaram e tenho a certeza que neste momento estão muito contentes com a sua decisão. Eu para já vou continuar no Odivelas pois acredito que aqui se vive no lema " Um por todos e todos por um".



© Copyright (c) 2004/2018
Desenvolvido por Pedro Boléo - pboleo@gmail.com